Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14632
Title: Os escritos confessionais de Úrsula Suárez como artes de fazer.
Authors: Silveira, Juliana Machado
metadata.dc.contributor.advisor: Buarque, Virgínia Albuquerque de Castro
Keywords: Autobiografia
Autobiografia - escritoras
Escritoras chilenas
Issue Date: 2021
metadata.dc.contributor.referee: Buarque, Virgínia Albuquerque de Castro
Borges, Celia Maia
Fernandes, Luiz Estevam de Oliveira
Citation: SILVEIRA, Juliana Machado. Os escritos confessionais de Úrsula Suárez como artes de fazer. 2021. 115 f. Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2021.
Abstract: Este trabalho visa interpretar os escritos autobiográficos de Sóror Úrsula Suárez, publicados pela Academia Chilena de História, sob o título de Relación Autobiográfica em 1984. Esta religiosa, que viveu entre os anos de 1666-1749, pertencia à elite de Santiago, formada pela linhagem de antigos conquistadores, ricos mercadores e funcionários da Corte. Aos doze anos ingressou, contra a vontade da família, no Convento de Nuestra Señora de la Victoria, de onde jamais saiu. Nesta Casa religiosa, destacou-se exercendo importantes cargos, como os de provisora (1684-1685), definidora (1687), vicária (1710-1713) e abadessa (1721-1724). Aos 33 anos, recebeu a ordem do diretor espiritual para escrever uma série de relatos confessionais que abarcavam sua vida desde a infância. Úrsula provavelmente chamou atenção do clero da cidade por conta de suas experiências sobrenaturais, como visões, conversações, sonhos e profecias. Esta prática de escrita era comum durante o período colonial e tinha como objetivo investigar a ortodoxia e a verdade da vivência das religiosas. Na América Hispânica, estes escritos receberam grande influência do ideário místico que floresceu na Península Ibéria durante os séculos XVI e XVII, inspirado por um pensamento difundido na região Reno-Flemenga e pelo estilo dos cristãos conversos, assumindo contornos diversos. De forma geral, os relatos conventuais femininos delineavam um caminho espiritual interior livre de mediações eclesiásticas. A principal problemática lançada pelo estudo que se almeja desenvolver é: que critérios de inteligibilidade podem ser empregados para interpretação historiográfica destes escritos? Tomando como referência a obra A invenção do cotidiano, do historiador Michel de Certeau, sugerimos como hipótese que as experiências de Úrsula Suárez, constituem-se como artes de fazer, que são pequenos e silenciosos atos promovidos no intuito de burlar os sistemas e as normas estabelecidos. Isto porque ela reinventou suas crenças através de experiências cujas dinâmicas ultrapassavam um corpo estático de doutrinas, balizadas pelos códigos religiosos e pela tradição. Deste modo, estas deixam de orientar o discurso religioso para dar lugar ao sincrético, ao novo e ao improviso. Em termos metodológicos, buscamos desvendar elementos textuais que indiquem o delinear de subjetividade feminina através de sua escrita.
metadata.dc.description.abstracten: This work aims to interpret the autobiographical writings of Sóror Úrsula Suárez, published by the Academia Chilena de História, under the title of Relación Autobiográfica in 1984. This nun, who lived between the years of 1666-1749, belonged to the elite of Santiago, formed by the lineage of former conquerors, wealthy merchants, and court officials. At the age of twelve she entered, against her family's wishes, the Nuestra Señora de la Victoria Convent, from which she never left. In this religious house, she distinguished herself by exercising important positions, such as provisory (1684-1685), definitor (1687), vicar (1710-1713) and abbess (1721-1724). At age 33, she was ordered by her spiritual director to write a series of confessional accounts that spanned her life from childhood. Ursula probably caught the attention of the city's clergy because of her supernatural experiences, such as visions, conversations, dreams and prophecies. This writing practice was common during the colonial period and aimed to investigate the orthodoxy and the truth of the religious experience. In Hispanic America, these writings were greatly influenced by the mystical ideas that flourished in the Iberian Peninsula during the 16th and 17th centuries, inspired by a widespread thought in the Rhine-Flemenga region and by the style of converted Christians, taking on different shapes. Generally speaking, women's conventual accounts delineated an inner spiritual path free from ecclesiastical mediations. The main issue raised by the study that aims to develop is: what criteria of intelligibility can be used for the historiographical interpretation of these writings? Taking as reference the work The invention of everyday life, by historian Michel de Certeau, we suggest as a hypothesis that the experiences of Úrsula Suárez constitute “arts of doing”, which are small and silent acts promoted in order to circumvent systems and norms settled down. This is because she reinvented her beliefs through experiences whose dynamics went beyond a static body of doctrines, guided by religious codes and tradition. In this way, they no longer guide the religious discourse to give way to the syncretic, the new and the improvisation. In methodological terms, we seek to unveil textual elements that indicate the outline of female subjectivity through her writing.
Description: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14632
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 25/02/2022 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_EscritosConfessionaisÚrsula.pdf910,03 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons