Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13071
Title: Economia política das drogas : uma análise da geopolítica do tráfico da cocaína.
Authors: Ferreira, Gabriela da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Cosentino, Daniel do Val
Keywords: Tráfico de drogas
Cocaína
Crime
Crime comercial
Desenvolvimento econômico
Issue Date: 2020
metadata.dc.contributor.referee: Cosentino, Daniel do Val
Oliveira, André Mourthé de
Deus, Leonardo Gomes de
Citation: FERREIRA, Gabriela da Silva. Economia política das drogas: uma análise da geopolítica do tráfico da cocaína. 2020. 116 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) – Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2020.
Abstract: A estrutura do mercado ilegal de drogas apresenta muitas semelhanças ao mercado formal e especificidades, podendo se intensificar através das ―falhas do sistema‖ como a desigualdade social, desemprego e lavagem de dinheiro. A cocaína é historicamente a droga mais lucrativa do mercado e sua produção apresentou uma expansão nos últimos anos. Neste sentido, esta pesquisa visa analisar o mercado global da cocaína a fim de apontar quais fatores fazem com que as políticas públicas sejam incapazes de cessar com o mercado ilegal das drogas. Para isto, é realizado um estudo da Teoria Econômica Do Crime, avaliando as evidências empíricas com auxílio dos dados disponibilizados pelos relatórios do Escritório de Drogas e Crimes da Organização das Nações Unidas – UNODC. Os resultados preliminares mostram que a política proibicionista se intensificou no decorrer dos anos e, em contrapartida, o mercado da cocaína se intensifica, a demanda de drogas lícitas e ilícitas mantêm-se inelástica. Desde já, constata-se a insuficiência da escola ortodoxa na explicação do tema.
metadata.dc.description.abstracten: The structure of the illegal drug market has many formal market similarities and specificities and can be intensified through ―system failures‖ such as social inequality, unemployment and money laundering. Cocaine is historically the most lucrative drug on the market and its production has expanded in recent years. In this sense, this research aims to analyze the global cocaine market in order to point out which factors make public policies unable to stop the illegal drug market as well as to show the insufficiency of the Economic Crime Theory in explaining the phenomenon. To this end, a study of economic theory directed to the subject is conducted, evaluating the empirical evidence with the help of data provided by the reports of the Office of Drugs and Crimes of the United Nations - UNODC. Preliminary results show that prohibitionist policy has intensified over the years as the cocaine market expands and demand remains stable. From now on, we can see the importance of analyzing the economic formation of nations in explaining the global drug market.
Description: Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada. Departamento de Ciências Econômicas e Gerenciais, Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/13071
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 15/01/2021 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.
Appears in Collections:PPEA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_EconomiaPolíticaDrogas.pdf1,9 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons