Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/12556
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGama, Mônica Fernanda Rodriguespt_BR
dc.contributor.advisorCristo, Maria da Luz Pinheiro dept_BR
dc.contributor.authorGonçalves, Dayane de Oliveira-
dc.date.accessioned2020-08-07T16:54:21Z-
dc.date.available2020-08-07T16:54:21Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.citationGONÇALVES, Dayane de Oliveira. Traços poéticos da ficção de Milton Hatoum em Relato de um certo Oriente, Dois irmãos e Cinzas do Norte. 2020. 130 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/12556-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Letras. Departamento de Letras, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractNesta dissertação propomo-nos a investigar algumas particularidades do projeto literário ficcional de Milton Hatoum que se evidenciam como traços de uma poética, compartilhados, portanto, por seus três primeiros romances: Relato de um certo Oriente (1989), Dois irmãos (2000) e Cinzas do Norte (2005). Os romances têm em comum a tessitura memorialista, o gesto literário dos narradores-escritores, a encenação direta ou indireta da própria escrita, e, por último, a ética dos fragmentos, que corresponde à colagem de fragmentos que dá a forma final às narrativas, resultado de um processo empreendido pelos narradores que são os seus autores ficcionais. Esses três traços poéticos têm relações intrínsecas com a ideia de ruínas. Por fim, aproximamos então o projeto literário do autor, de modo mais geral, a uma concepção de “modernidade em ruínas”.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectMilton Hatoum - crítica e interpretaçãopt_BR
dc.subjectPoéticapt_BR
dc.subjectGêneros literáriospt_BR
dc.subjectFicção brasileirapt_BR
dc.titleTraços poéticos da ficção de Milton Hatoum em Relato de um certo Oriente, Dois irmãos e Cinzas do Norte.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 20/07/2020 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeGama, Mônica Fernanda Rodriguespt_BR
dc.contributor.refereeCristo, Maria da Luz Pinheiro dept_BR
dc.contributor.refereeMaciel, Emílio Carlos Roscoept_BR
dc.contributor.refereeCury, Maria Zilda Ferreirapt_BR
dc.description.abstractenThis thesis proposed an investigation on some aspects of Milton Hatoum’s fictional literary project that are seen as features of a poetic, apresented, therefore, in his three first novels: Tale of a certain Orient (1989), The brothers (2000) and Ashes of the Amazon (2005). These novels share the memoirist writing, the literary gesture of the narrator-authors, the direct or indirect enactment of the writing, and finally the ethics of the fragments, which corresponds to the collage of fragments that provides the final shape of the narratives, resulting from the process carried out by the narrators who are their own fictional authors. These three poetic features have intrinsic relations with the idea of ruins. Finally, we approach the author's literary project, more generally, to a conception of “modernity in ruins”.pt_BR
Appears in Collections:POSLETRAS - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_TraçosPoéticosFicção.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons