Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10333
Título: Os papéis dos agentes de suporte a empresas de base tecnológica.
Título(s) alternativo(s): The roles of innovation agents in new technology-based firms.
Autor(es): Silva, Sérgio Evangelista
Gonçalves, Carlos Alberto
Silva, Joaquim Alexandre dos Ramos
Venâncio, Ana Isabel Ortega
Palavras-chave: Aceleradoras de empresas
Parques tecnológicos
Incubadoras de empresas
Agentes de suporte à inovação
Business incubator
Data do documento: 2018
Referência: SILVA, S. E. et al. Os papéis dos agentes de suporte a empresas de base tecnológica. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 22, n. 2, p. 201-225, mar./abr. 2018. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415-65552018000200201&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 03 mai. 2018.
Resumo: O principal papel dos agentes de suporte à inovação (ASIs) é apoiar o desenvolvimento de empresas de base tecnológica (EBTs). Entre estes agentes destacam-se aceleradoras de empresas (AEs), incubadoras de empresas (IEs) e parques tecnológicos (PTecs). Ainda são recentes na literatura artigos que abordam estes três tipos de agentes em conjunto, o que indica que este é um tema que atualmente começa a se desenvolver, sendo, todavia, promissor em vista da importância econômica do desenvolvimento de EBTs e de ambientes de inovação. Com efeito, o objetivo deste artigo é analisar os papéis, os pontos comuns e as diferenças entre estes três tipos de ASIs, no que tange ao seu apoio ao desenvolvimento de EBTs. A abordagem utilizada é a qualitativa, em que foram obtidos dados de um total de vinte e três agentes, distribuídos entre AEs, IEs, PTecs e EBTs, localizados no Brasil, ou em Portugal. Como resultado, apresenta-se uma visão sistemática e abrangente destes três tipos de ASIs, baseada nos construtos: espaço físico e serviços básicos, gerencial, aculturação e redes de relações sociais. Adicionalmente, como implicação prática, conclui-se que este artigo pode ser utilizado como fonte de referência para o desenvolvimento, tanto de ASIs quanto de EBTs.
Resumo em outra língua: The main role of innovation agents (IAs) is to provide support for the development of new technology-based firms (NTBFs). These agents include business accelerators (BAs), business incubators (BIs), and science parks (SPs). Studies addressing these three types of agents all together are relatively recent in the literature. This indicates that this is a new but promising topic due to the economic importance of NTBFs and innovation environments. Therefore, the purpose of this article is to examine the roles, similarities, and differences among these three types of IAs, concerning their support for the NTBFs' development. The qualitative research method was used to investigate and collect data from a sample of twenty-three agents consisting of BAs, BIs, SPs, and NTBFs, located in Brazil or in Portugal. As a result, a comprehensive and systematic view of these three types of IAs is presented based on the following constructs: physical space, basic and managerial services, acculturation, and social networks. Furthermore, as a practical implication, this article can be used as a reference source for the development of IAs and NTBFs.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10333
ISSN: 14156555
Licença: A Revista de Administração Contemporânea permite cópia e distribuição dos artigos para fins não comerciais. Permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo. Fonte: Diadorim <http://diadorim.ibict.br/handle/1/665>. Acesso: 23 jan. 2017.
Aparece nas coleções:DEENP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_PapéisAgentesSuporte.pdf329,3 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.