Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10166
Título: Da especialização produtiva ao rompimento da barragem de fundão : uma análise da resiliência econômica para o município de Mariana/MG.
Autor(es): Silva, Jordana Ferreira da
Orientador(es): Silva, Fernanda Faria
Oliveira, Héder Carlos de
Palavras-chave: Economia regional
Mineração
Produção
Data do documento: 2018
Membros da banca: Amaral, Pedro Vasconcelos Maia do
Viana, Francisca Diana Ferreira
Silva, Fernanda Faria
Oliveira, Héder Carlos de
Referência: SILVA, Jordana Ferreira da. Da especialização produtiva ao rompimento da barragem de fundão : uma análise da resiliência econômica para o município de Mariana/MG. 2018. 129 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) – Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.
Resumo: Municípios que abrigam atividades de extração mineral adquirem particularidades quanto à consolidação de aspectos socioeconômicos no entorno de tal atividade. Os impactos que a exploração de produtos minerais podem gerar em determinadas regiões, sejam estes positivos ou negativos, ainda são constantemente analisados nas mais diversas áreas, mas ainda apresentam uma gama de possibilidades de interpretação de seus efeitos sobre as localidades mineradoras e a capacidade de recuperação frente aos eventos adversos. Sendo assim, entender a vulnerabilidade de municípios mineradores aos choques ou intervenções, dado que suas economias são fortemente atreladas ao setor de mineração é o objetivo deste trabalho. O objeto de estudo dessa dissertação é o município de Mariana (MG) que é especializado na extração mineral, sob o qual recai a hipótese de que sua baixa resiliência econômica deve-se à dependência de um único setor, o que o torna vulnerável aos choques adversos que atingem o setor de mineração. Para subsidiar teoricamente este trabalho, foi utilizada a literatura internacional sobre resiliência econômica regional. Para a parte empírica foram calculados indicadores de resistência e recuperação regional (baseado em Martin et al., 2016), além dos Métodos de Dados em Painel e de Controle Sintético com o intuito de compreender a trajetória econômica do município entre 2005 e 2017. Foram pautados, principalmente, os impactos gerados pela queda dos preços do minério de ferro, a partir de 2013, e o rompimento da Barragem de Fundão em 2015, mais precisamente sobre o emprego na cidade. Os resultados obtidos por meio de indicadores de resistência econômica mostraram que os setores mais empregadores, a dizer: serviços, comércio, indústria extrativa mineral e construção civil, os choques adversos sofridos no período contribuíram para agravar a dinâmica destes setores e, consequentemente, afetou a oferta de emprego do município. A análise empírica através do método de Dados em Painel sobre os impactos da queda dos preços do minério de ferro, a partir de 2013, mostrou que o choque foi significativo e teve impacto negativo sobre o saldo do emprego em Mariana. Por fim, o método de Controle Sintético, utilizado para a análise do choque do rompimento da Barragem de Fundão em 2015, sugere que Mariana apresenta uma inércia maior que sua versão sintética na recuperação do mercado de trabalho no período pós-choque, reforçando a hipótese de baixa resiliência econômica do município decorrente da especialização produtiva em um setor de baixo valor agregado.
Resumo em outra língua: Municipalities which have prospecting and extracting mineral activities acquire particularities regarding the consolidation of socioeconomic aspects in the surroundings of such activity. The impacts of mining and mineral processing operations create in certain regions, whether positive or negative, are constantly analyzed in the most diverse study areas, but they still present a range of possibilities for interpretation about their effects on mining locations and recovery capacity. Therefore, understanding vulnerability of municipalities which have mining activities in face of a shock or interventions, since their economies are strongly tied to the mining sector, is the objective of this research. It was taken up for study the municipality of Mariana (MG), which specializes in mineral extraction, under which it is hypothesized that its low economic resilience is due to the dependence of a single sector, which leaves it vulnerable to adverse shocks reaching the mining industry. In order to give a theoretical support to this research, the international literature on regional economic resilience was used. For the empirical investigation, indicators of resistance and regional recovery, based on Martin et al (2016), were calculated. Panel Data and Synthetic Control Methods were used to understand the economic trajectory of the municipality between 2004 and 2017, mainly based on the impacts generated by the fall on iron prices from 2013, and the breakdown of the Fundão Dam in 2015, particularly on employment in this municipality. The results obtained through indicators of economic resistance showed that the most employers sectors, namely services, trade, mineral extractive industry and civil construction, the adverse shocks suffered in the period contributed to aggravate the dynamics of these sectors and, consequently, affected the offer of employment of the municipality. Empirical analysis using the Panel Data showed that the impact of the fall in iron ore prices in 2013 had a significant and negative effect on the employment balance in Mariana. Finally, the Synthetic Control method, used to measure the effect of the Dam in 2015, suggests that Mariana presents a greater inertia than its synthetic version in the labor market recovery in the post-shock period, reinforcing the hypothesis of low economic resilience of the municipality due to productive specialization in a low value added sector.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada. Departamento de Ciências Econômicas e Gerenciais, Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10166
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 15/08/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Aparece nas coleções:PPEA - Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_EspecializaçãoProdutivaRompimento.pdf2,05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons